Postagens mais recentes

domingo, maio 22, 2016

Almeja a carreira diplomática? Confira esse guia de estudos gratuito fornecido pelo Instituto Rio Branco

Almeja a carreira diplomática? Confira esse guia de estudos gratuito fornecido pelo Instituto Rio Branco

 formatura do Instituto Rio Branco, no Palácio Itamaraty

Olá amigos, especialmente aos futuros diplomatas de plantão. A carreira diplomática é o sonho de muitos, inclusive de alguns estudantes da área jurídica. Embora para ser admitido na carreira não seja necessário possuir formação em Direito, muitos formados no curso participam do certame, inclusive na própria faculdade o aluno já tem contato com algumas matérias do certame, como por exemplo o direito internacional.

sexta-feira, maio 20, 2016

Meu marido me traiu: Posso processá-lo?

Meu marido me traiu: Posso processá-lo?


"Você mudou sua atitude
E esqueceu de me avisar
Agora sei por quê
Há outro em meu lugar"

Olá caríssimos leitores, inicio hoje a coluna de perguntas e respostas. O objetivo é oportunizar a entrega de conteúdo jurídico sobre acontecimentos práticos que podem acontecer com qualquer um, embora eu não deseje isso pra ninguém, claro. 

Infelizmente as vezes o que resta ao ex-casal é parar num tribunal. Nem sempre a conversa e tentativa de reconciliação resolvem, levando uma das partes a ingressar no judiciário para ter ao menos o reconhecimento de que foi vítima de ato de infidelidade de seu parceiro. Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados pra que a frustração não seja bem maior do que a já vivenciada

quinta-feira, maio 19, 2016

Parabéns pelo seu dia, estudante de Direito!

Parabéns pelo seu dia, estudante de Direito!



Feliz dia do

"como assim você não sabe se tenho esse direito? Tá fazendo o que na faculdade?"

"Estuda tanto pra ser defensor de bandido no futuro"

"OAB e concurso? Moleza, basta estudar" (Se bem que tem um pouco de razão, mas não dentro desse contexto)

"Todos que cursam isso são metidos, se acham desembargadores"

"A amiga da sobrinha da prima da irmã da tia da avó da minha vizinha não estuda tanto e passou de primeira na OAB e foi convocada pra primeira expedição humana em marte"
"Nossa que loucura, o mercado tá saturado, não tem espaço pra ninguém blá blá blá"


Parabéns, estudantes de Direito, vocês merecem. Além dessas falas mais batidas que a lagoa azul na sessão da tarde, não é nada fácil tentar fazer as coisas da forma correta em meio à uma conjuntura social que prega, de forma deturpada, o conformismo social. Aliás, não é nada fácil simplesmente cogitar um cenário de mudança, afinal, o sistema é podre e não temos o que fazer senão sermos mais uma peça enferrujada pelas barbáries que lidamos cotidianamente (essa é de praxe).

Damos risadas daqueles(as) calouros(as) que chegam querendo fazer a diferença, alterar o status quo, mas somos pacíficos diante do fato de que temos criminosos - eleitos por nós - fazendo as leis e sabatinando, vejam só, Ministros do STF, a última instância do poder judiciário. Aquele calouro será um futuro aplicador do direito, quem sabe desmotivado desde o começo, que terá como objeto de trabalho a lei mal feita e cheia de brechas aprovada pelo criminoso que você elegeu e que até mesmo chegou a brigar ou ficar sem falar com seus amigos por conta de ideologia partidária. Será que o problema está no sistema mesmo?

Não é nada fácil assumir a responsabilidade de ter a consciência de que, num futuro não muito distante, caberá a você decidir o destino de vidas e, porque não, da morte também. Por isso é muito plausível o fato de que as bibliotecas e salas de aula perdem feio para os barzinhos em relação aos frequentadores, até porque beber pra fugir do mundo real e das angústias que nos esperam deve ser muito mais reconfortante que passar horas tentando ao menos entender uma mera divergência doutrinária em detrimento da jurisprudência (nada contra quem bebe, cada um sabe o que faz - e o que não faz também). Até porque somos regidos pelo dogma de que se não cai na prova, não precisamos saber, não é? rs.

Por isso nenhum conhecimento adquirido será suficiente pra lidarmos com a complexa problemática social, por isso, também, devemos ser humildes pra reconhecermos o fato de que quanto mais sabemos, mais temos que aprender. Afinal, o peso de uma injustiça algumas vezes supera à própria morte. 

Aliás, o conhecimento jurídico não é adquirido apenas nos livros, a vida também ensina muito - e como ensina!


A verdade é que quem optou pelo Direito será um eterno estudante.

É preciso adotar a resiliência como filosofia de vida quando se decide optar pelo mundo dos tribunais. Apesar dos pesares você escolheu esse caminho (ou será que ele escolheu você? Fica a reflexão). Só peço uma coisa a você: Seja a mudança que você quer no mundo, não espere nada mais além da consciência tranquila ao cair na noite (muitas vezes viradas em claro, né?) de que você fez o que tinha que fazer. 

Não seja mais um frequentador de curso, pense fora da caixinha, não se compare com ninguém, mantenha sua fé em dias melhores e, quando chegar sua oportunidade, faça por onde a fé dos jurisdicionados se concretize tendo em você a ferramenta da viabilidade da justiça (já pensou?). 

O judiciário te espera, estudante! E a esperança em dias melhores também. É... não é fácil e nem será. Boa sorte! Você vai precisar. A sociedade cada vez mais precisa de bons operadores do Direito, ela espera por você. Vá em frente e enfrente. 

Minha singela homenagem neste 19/05 - Dia do estudante de Direito. 

terça-feira, maio 17, 2016

Inscrições abertas para o Encontro Brasileiro de pesquisadores e pesquisadoras pela justiça social

Inscrições abertas para o Encontro Brasileiro de pesquisadores e pesquisadoras pela justiça social


Atenção pesquisadores e futuros pesquisadores de plantão! Entre os dias  15 e 18 de junho deste ano será realizado na Universidade Tiradentes - campus da Farolândia - o Encontro Brasileiro de Pesquisadores e Pesquisadoras pela Justiça Social.

O Evento será realizado pelo Mestrado em Direitos Humanos da UNIT e pelo Instituto de Tecnologia e Pesquisa de Sergipe - ITP e apoiado com recursos da FAPITEC e SEGRASE, e objetiva reunir em Aracaju, com a chancela da Associação Brasileira de Pesquisadoras e Pesquisadores pela Justiça Social – ABRAPPS, que reúne ex-bolsistas da Ford Foundation no Brasil, um grupo de cerca de 250 participantes entre pesquisadores, organizações da sociedade civil, universidades, organismos internacionais de direitos humanos, fundos de apoio a projetos sobre justiça social, órgãos governamentais, estudantes e professores para discutir a temática 'DO LOCAL AO GLOBAL, TODOS PELA JUSTIÇA SOCIAL'. 

Serão 4 dias de evento com atividades dividas em conferências, palestras, mesas redondas e grupos de trabalho sobre os seguintes tema:
Equidade e Justiça Social;
Geração de renda e Redução da pobreza;
SocioBiodiversidade - Cultura, memória, história e biodiversidade das sociedades indígenas, remanescentes de quilombos, comunidades extrativistas, ribeirinhos e pescadores, trabalhadores rurais e de outras populações tradicionais;
Uso adequado e racional dos recursos naturais;
Fortalecimento do movimento social brasileiro;
Democracia e políticas públicas;
Direitos sociais coletivo;
Meio ambiente e desenvolvimento.
Atenção! O Evento é totalmente gratuito e as inscrições podem ser realizadas através do sistema magister. 

Acesse este link https://wwws.unit.br/Portal/OutrosServicos.jsp e clique na opção INSCRIÇÃO EM CURSOS DE EXTENSÃO. Escolhendo esta opção você poderá ter acesso à oferta atual de cursos de extensão, bem como realizar a sua inscrição no ENCONTRO BRASILEIRO DE PESQUISADORAS E PESQUISADORES PELA JUSTIÇA SOCIAL. Caso você seja aluno ou servidor da UNIT e já possua senha neste Portal de Serviços, efetue o login para realizar o processo de inscrição de forma mais simples. 

Vale a pena lembrar que haverá apresentação de trabalhos no evento com base nos temas já destacados. O evento contará com duas modalidades de publicação em anais: resumos (para pôsteres) e artigos completos (para apresentação oral). Somente os trabalhos aceitos para fins de apresentação oral deverão enviar os artigos completos. O limite de envio é dia 18 de julho de 2016.

Os interessados têm até o dia 30/05/2016 para enviar os seus trabalhos. 

Todos os detalhes acerca das submissões, prazos, temas de pesquisa e requisitos de formatação e envio dos trabalhos podem ser conferidos no edital de chamada de artigos.


Vejo vocês lá!

segunda-feira, maio 16, 2016

Programa de Mestrado da UNIT promove seu I congresso internacional de Direitos Humanos e Ambiental

Programa de Mestrado da UNIT promove seu I congresso internacional de Direitos Humanos e Ambiental



O programa de Mestrado em Direito da UNIT - Universidade Tiradentes, está promovendo nos dias 16 e 17 de maio o Primeiro Congresso Internacional de Direitos Humanos e Ambiental (I International Conference on Human Rights and Environmental Law). 

O Evento internacional está sob a coordenadoria dos Profs. Drs. Liziane Paixão, Tagore Trajano e Msc. Eduardo Macêdo. As inscrições são gratuitas via Magister. Haverá certificado para todos os inscritos que comprovem frequência de no mínimo 75% de presença no evento.

O Primeiro Congresso Internacional de Direitos Humanos Ambiental contará com palestrantes da UNIT, UFBA, UFS, Universidade de Valência e Universidad Nacional Autónoma do México.


Público Alvo: Estudantes de Direito da UFBA, UFS e UNIT.
18:00h Sessão de Abertura
19:00h – Mesa de abertura:
Reitor da UNIT
Representante da UNIT
Representante da UFBA
Representante da UFS
19:00 horas – “Palavra de Boas Vindas” da Coordenadora do Programa de pós-graduação em Direito da Universidade Tiradentes – Professora Dra. Liziane Paixão Silva Oliveira
19:15 horas – Palestra da Professora Verónica Palacios de la Torre (Universidad Nacional Autónoma de México) - Direito Ambiental no México.
20:00h - Palestra do Professor Dr. Carlos Augusto Machado (UNIT) (UFS) – O Direito ao desenvolvimento como direito de terceira dimensão e expressão do Princípio da Fraternidade.
DIA 17/05 – TERÇA-FEIRA
14:00h – Painel 01: Novos direitos e Direito Ambiental
Presidente de Mesa: Rita Menezes (UNIT)
Luis Gustavo Grandinetti  - Pós-doutor (UNIT)
Ronaldo Marinho - Doutorando (UNIT)
Carla Helfemsteller Coelho – Doutora (UNIT)
Lucas Gonçalves da Silva - Doutor (UFS)

16:00h - Painel 02: Direitos Humanos na Sociedade
Presidência da mesa: Raimundo Giovanni (UNIT)
Karina Sposato – Doutora (UFS)
Flávia Pessoa – Doutora (UNIT) (UFS)
Ilzver Matos – Pós –doutor (UNIT)
18:00h - Intervalo para jantar
19:00h – Painel 03 – Direitos Humanos, Novas Tecnologias e Desenvolvimento Sustentável
Presidência da mesa: Eduardo Macedo (UNIT )
Tagore Trajano – Pós-doutor (UNIT) (UFBA)
Flora Augusta – Doutoranda (UFBA)
Palestra de Encerramento:
PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE MARINHO E MUDANÇAS CLIMÁTICAS: DESAFIOS RECENTES
(PROTECCIÓN DEL MEDIO MARINO Y CAMBIO CLIMÁTICO: DESARROLLOS RECIENTES)
20:30h: Presidente de Mesa: Professora Dra. Liziane Paixão Silva Oliveira  (UNIT)
Mesa de Encerramento com os Coordenadores do evento:
Professor Dr. José Juste-Ruiz – Doutor em Direito pela Universidade de Valência. Diplomado pela Academia da Haia em Direito Internacional. Foi Diretor do Departamento de Direito Internacional da Universidade de Valência Membro da lista de árbitros em questão relativas ao meio ambiente no Tribunal Permanente de Arbitragem na Corte da Haia
A grade de programação e maiores informações podem ser encontradas no próprio site do PPGD/UNIT, clique aqui para conferir.
Exame da OAB: Baixe agora o primeiro simulado para o XX exame

Exame da OAB: Baixe agora o primeiro simulado para o XX exame

Exame da OAB: Baixe agora o primeiro simulado para o XX exame



É amigos, o exame XIX está perto de chegar ao fim com sua segunda fase marcada para o dia 29/05 logo ali. Sabe o que isso significa? Que a 20ª edição está cada vez mais próxima e que o quanto antes testar seus conhecimentos, melhor.

A primeira fase do XX exame da OAB está marcada para o dia 24/07

Conforme prometido no meu post relatando minha aprovação na primeira fase do último exame, vou continuar postando os conteúdos de qualidade ofertados por cursinhos e sites de forma gratuita. Não sei se você leu o post citado, mas fiz questão de enfatizar a importância dos simulados para sua aprovação no exame da OAB.

sábado, maio 14, 2016

Resenha do livro: Magistratura Federal - Coleção edital sistematizado

Resenha do livro: Magistratura Federal - Coleção edital sistematizado

livro Magistratura Federal - Coleção edital sistematizado, da editora juspodivm.

Olá, futuro(a) Juíz(a) Federal! A resenha de hoje é dedicada exclusivamente pra você. Caso você não tenha planos no cargo e queira ler também, pode ficar. Mas saiba que o foco aqui é falar a respeito de um livro totalmente voltado para os futuros togados do TRF. Analisaremos hoje o livro Magistratura Federal - Coleção edital sistematizado, da editora juspodivm.
Acompanhe nosso FB =)
Powered by: Internetsmash