sábado, março 18, 2017

Precisando de horas complementares? CGU disponibiliza curso de 120 horas com certificado gratuito


O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) abriu inscrições para o curso virtual de controle social de gastos públicos.

De acordo com o órgão, o curso destina-se a todos os cidadãos interessados em fiscalizar, monitorar e avaliar as ações governamentais, como a aplicação dos recursos públicos. As inscrições vão até o dia 2 de junho e o curso começa no dia 6 de junho.

Os cursos que integram o Programa de Certificação em Ouvidoria  são fornecidos pela Escola Nacional de Administração Pública - ENAP e todos eles são EAD (educação a distância).

A Ouvidoria-Geral da União em parceria com a Enap  disponibiliza cursos gratuitos que certificam o participante em Ouvidoria. O programa é formado por 06 cursos à distância, sendo que cada um possui 20 horas e a Certificação é entregue caso o participante conclua todos os cursos que totalizam 120 horas.

Os módulos do curso são Gestão em Ouvidoria, Controle Social, Ética e Serviço Público, Introdução à Gestão de Processos, Acesso à Informação e Resolução de Conflitos Aplicada ao Contexto das Ouvidorias Públicas.

Caso você queira participar de apenas um curso, não há problema. A partir do momento em que você escolhe um curso e obtém 60% de aproveitamento, fará jus ao certificado específico do curso selecionado. Se fizer todos, terá direito ao certificado do curso de controle social de gastos públicos (120 horas).

Porém, como já dito, nada te impede de escolher um, ou dois, ou três, ou quatro cursos, pois o que importa é obter os 60% de aproveitamento, o que confere a você o direito de obter o certificado.

Vale a pena lembrar que essa é a primeira turma de tal curso oferecido pela CGU. Como não faço ideia se você optará por todos ou apenas por algum módulo isolado, vou elencar aqui os cursos e o início das atividades.


Gestão em Ouvidoria: 20 horas

• Duração: 3 semanas
• Inscrição: até 05/05/2017
• Início do curso: 09/05 até 29/05/2017
• Para se inscrever clique aqui

Controle Social: 20 horas

• Duração: 03 semanas
• Inscrição: até 02/06/2017
• Período do curso: 06/06 até 26/06/2017
• Para se inscrever clique aqui


Ética no serviço público: 20 horas

• Duração: 03 semanas
• Inscrição: até 05/05/2017
• Período do curso: 09/05 até 29/05/2017
• Para se inscrever clique aqui


Introdução à Gestão de Processos: 20 horas

• Duração: 03 semanas
• Inscrição: até 12/05/2017
• Período do curso:  15/05 até 05/06/2017
• Para se inscrever clique aqui

• Duração: 03 semanas
• Inscrição: até 02/06/2017
• Período do curso: 06/06 até 26/06/2017
• Para se inscrever clique aqui

• Duração: 03 semanas
• Inscrição: até 09/06/2017
• Período do curso: 13/06/ até 03/07/2017
• Para se inscrever clique aqui


Horas líquidas

Olá, povo juridicamente estudioso dessa nação! Todos bem? Espero que sim.

Cá estamos nós para o segundo post de nossa coluna semanal intitulada missão concurso público, coluna esta em que sempre tentarei trazer algo que acrescente aos nossos estudos.

Vamos para o tema da semana: Horas líquidas.

Horas líquidas

sábado, março 11, 2017

Missão concurso público: Meus 03 canais favoritos sobre preparação para concursos


Olá turma, como alguns de vocês sabem - e quem não sabe, saberá agora - eu colei grau ano passado. Enfim, a saga da faculdade chegou ao seu fim.

No entanto, tal fim representa o começo de outra saga tão desafiadora quanto: A saga dos concursos públicos. Como milhões de brasileiros espalhados por essa pátria educadora, eu também pretendo prestar alguns, agora que estou habilitado para prestar concursos de nível superior.

E essa minha saga será contada um pouco nessa coluna que chamarei carinhosamente de missão concurso público.

quinta-feira, março 09, 2017

Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FD – USP)
Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FD – USP)

Não é novidade alguma que não faltam críticas à grande quantidade e baixa qualidade dos cursos de Direito atualmente em funcionamento no território nacional.

De acordo com pesquisas realizadas no setor educacional, temos no Brasil mais cursos de Direito do que todos os demais cursos de Direito espalhados pelo mundo...juntos.

No entanto, um desses cursos está entre os melhores do mundo, ocupando a 50ª posição no ranking mundial. Trata-se do curso de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Brasil possui um dos melhores cursos de Direito do mundo
Universidade brasileira ocupa a 50ª posição no ranking mundial dos cursos de Direito (Fonte: QS Stars University)


A QS (Quacquarelli Symonds) empresa de consultoria de origem britânica de ensino superior possui como objeto de análise 46 cursos de ensino superior e abrange 1.127 universidades e mais de 70 países.

A nova edição do ranking mundial aponta a Universidade brasileira como a detentora do 50º melhor curso de direito do mundo.

Uma olhadinha no site do curso de Direito da USP já mostra um pouco do porquê dele ser um dos melhores do mundo. Apesar de termos milhares de cursos na área, conta-se nos dedos a quantidade dos que fornecem ao menos metade da experiência que a instituição de São Paulo pode oferecer aos seus alunos, que podem ingressar através do vestibular tradicional (FUVEST) ou, também, através do ENEM/SISU, adotado desde o ano de 2015.

Para avaliar as milhares de Instituições espalhadas pelo mundo e seus respectivos cursos, a QS utiliza uma infinidade de critérios.

Entre eles estão fatores como pesquisa (ex: número de artigos publicados, número de artigos citados por outros estudiosos no assunto ao redor do globo e também quantidade de prêmios recebidos pelos pesquisadores em virtude dos estudos desenvolvidos em cada instituição), qualidade do ensino, internacionalização (programas de intercâmbio, quantidade de estudantes internacionais, parcerias internacionais realizadas entes instituições, entre outros), responsabilidade social, inovação (descobertas que agreguem conhecimento para a comunidade social regional ou mundial), inclusão, entre outros. 

A título de curiosidade, os cinco melhores cursos de direito, respectivamente, são os das seguintes instituições: Harvard University (1º), University of Oxford (2º), University of Cambridge (3º), Yale University (4º) e Stanford University (5º).


domingo, março 05, 2017

05 razões para não cair na neura do exame da OAB

O exame da OAB é uma das etapas mais esperadas pelos acadêmicos de direito.

Na verdade, não apenas por eles, mas também por todos que fazem parte de seu círculo social.

Todo mundo quer saber se você passou na OAB. Afinal, bacharel sem no mínimo uma OAB garantida não é nada, dizem.

A consequência dessa nuance é simplesmente catastrófica para o psicológico de quem está na luta por um registro nos quadros da ordem para chamar de seu.

Até porque as duas fases do exame da ordem são apenas uma das preocupações de quem está no último ano do curso.

Assim sendo, um exame que é imposto a todo futuro advogado acaba ganhando semblante monstruoso, impossível, inalcançável.





O que ninguém sabe, ninguém estraga e nem existe juridicamente: União estável

Deixa em off
Off, o nosso amor é mais gostoso em off
Proibido, escondido em off
Só eu e você perdido em love, deixa em off


Sabe-se que quando assunto é relacionamento inúmeros fatores, temas, dúvidas, problemas, enfim, nuances, tornam-se satélites que gravitam ao redor dessa delicada temática.


Um deles, que será objeto de apreciação do nosso dedinho de prosa de hoje, é o que prega o famoso jargão popular: O que ninguém sabe, ninguém estraga.


A legião de defensores ferrenhos de tal ditado popular é imensurável. E, para ela, deixo o aviso: Não pretendo desmistificar por completo tal ditado, apenas será demonstrada a prejudicialidade dele quando o assunto é união estável.


Por isso, você dos contatinhos e esquemas, saiba que esse post não é direcionado para essa temática, ok? Todos confortáveis? Podemos prosseguir? Vamos lá.


A união estável e o problema de deixá-la em off



sábado, janeiro 07, 2017

Reserva de jurisdição - os limites do juiz na investigação criminal (resenha)


Olá, amigos. Compartilho hoje com vocês a minha última leitura do ano de 2016: Trata-se da obra Reserva de Jurisdição - os limites do juiz na investigação criminal, da editora matrix.

Há um detalhe importante sobre minha leitura desse ótimo livro. Eu usei-o como escolhido para participar do desafio do Vitorelli. O desafio do Vitorelli é um evento jurídico realizado nas redes sociais e idealizado pelo Prof. Edilson Vitorelli, cujo objetivo é estimular a leitura no mês menos produtivo do ano. 2016 foi a segunda edição do desafio, vamos participar da edição 2017? :)

Play da semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *