Depois da penúltima aula de psicologia jurídica foi que a ficha definitivamente caiu: O período e...

Minha penúltima aula de psicologia jurídica

By | quarta-feira, junho 13, 2012

Depois da penúltima aula de psicologia jurídica foi que a ficha definitivamente caiu: O período está acabando e eu não terei mais a sorte de todas as terças assistir uma aula dessa disciplina que é a minha favorita, mas é assim mesmo o tempo passa para todo mundo e vamos adquirindo experiência nas coisas dessas vida e esse período com certeza me ensinou muita coisa.

A minha penúltima aula de psicologia jurídica na verdade não foi “aula”, mas sim a apresentação de um debate a respeito das áreas em que a PJ abrange e afeta de forma direta ou indireta. A galera explicou perfeitamente e o professor, prestativo e paciente como sempre, pausava as apresentações assim que alguém da sala tinha alguma dúvida e assim todos aprenderam um pouco a respeito da apresentação dos colegas e assim por diante.
Essa vai fazer falta!
                                             
O meu grupo ficou responsável por apresentar os principais aspectos da Psicologia jurídica enquanto outros grupos explicaram sobre Psicologia Forense, medicina legal dentre outros. Com as apresentações ficou mais clara ainda a importância da psicologia na área jurídica como ferramenta de dinamização do processo judicial além de outros benefícios como a perícia psiquiátrica, análises clínicas precisas sobre autores de crimes, etc.
Uma disciplina muito interessante e excelente por natureza!
                                      
A parte ruim de tudo isso é que depois da próxima terça não terei mais aulas e PJ vai deixar muitas saudades. Eu pretendo sempre me manter antenado nessa área, realmente foi a que mais me chamou atenção, tanto pela importância da disciplina quanto pelo excelente professor, Gélio Albuquerque, que vai deixar mais saudades ainda. Ele foi o melhor professor do período e eu nunca vou esquecer dos ensinamentos que ele me passou juntamente com meus amigos que também tiveram a sorte de tê-lo como professor.

É... Essa vida é muito efêmera! Até a próxima!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial