Ouve-se muito por ai que uma das principais características que um estudante de direito deve ter é a famosa desinibição, ou trocando...

O drama de falar em sala de aula

By | sexta-feira, dezembro 21, 2012


Ouve-se muito por ai que uma das principais características que um estudante de direito deve ter é a famosa desinibição, ou trocando em miúdos, ser "cara de pau" no bom sentido, ou seja, não ter vergonha de sempre expor suas opiniões em sala de aula, ser participativo e também sempre perguntar para os professores quando tiver uma dúvida sobre o assunto. Mas pera ai, e quem é tímido, onde fica?

Um dos problemas que eu mais tive no começo de tudo foi a timidez. Cheguei a pensar "Caramba, como fui escolher uma área na qual nem coragem pra abrir a boca em sala de aula eu tenho?" Entretanto, fui percebendo que isso não era só comigo, quer dizer, além de isso não acontecer somente comigo, notei que a MAIORIA da turma também tinha esse problema de timidez. Me desculpe chamar isso de problema até porque ser tímido(a) não é vergonhoso, mas nosso curso exige logo cedo que percamos esse costume.

Hoje em dia eu confesso que não estou com tanta timidez como no início. Aprendi que se você cala, tem que concordar com quem sempre fala pelo fato de você não abrir a boca nem pra discordar da pessoa, seja ela um colega, professor ou coordenador de curso, além disso, discordar é normal porque ninguém agrada todo mundo. 

Além do mais, conheci pessoas que ficaram tímidas quando começaram a cursar Direito, parece irrisório mas não é, às vezes a pessoa tem os motivos dela e não conta... Cabe a nós amigos tentar ajudar ela a perder isso, portanto se você tem um amigo ou amiga tímida, não fique zombando nem por brincadeira! Pelo contrário, faça sempre por onde ajudar.

Assim, vejamos uma listinha de fatores que podem causar essa timidez:

* Falta de Confiança: Não confiar em você mesmo é um dos grandes problemas pra quem é tímido, às vezes você até tem vontade de falar, mas o medo de falar algo totalmente sem nexo com o tema na hora faz você perder a vontade de dizer sua opinião. Pare um pouco e pense: Se você deu uma lidinha no assunto em casa e quer opinar sobre o tema, qual é o problema disso? 

Medo de fazer uma colocação errada sobre o assunto: E o que é que tem se você falar algo que não tenha nada a ver com o que você pensava sobre o assunto? Isso será ótimo porque você vai saber onde está errando e não irá errar mais. Não fique esquentando a cabeça porque algum fulano(a) vai fazer comentários idiotas sobre sua colocação, Universidade é cada um por si! Se preocupe somente com você, meu caro e minha cara.

* Medo de pensarem que você quer se exibir: Essa é clássica! Todo mundo tem um colega que sempre faz ótimos comentários com você ali no pé do ouvido mas quando você fala pro colega dizer isso para o professor ele diz: "Ah, mas eu já sei que está certo, se eu falar vão achar que estou querendo me exibir" COLEGA, PARA COM ISSO!  Vou fazer uma corrente de oração por você! #Oremos. Pelo contrário! quando você comenta algo que sabe que está correto pode enriquecer ainda mais a explicação dos professores, além de poder estar tirando a dúvida de alguém que também está com vergonha de comentar. Ou seja, seu comentário vale ouro!

Bom, isso é uma listinha básica, você pode ter outros motivos também, mas saiba de uma coisa: É completamente normal ser tímido(a). Não tenha vergonha disso, ao contrário, corra atrás pra mudar que você com certeza vai conseguir! Estou na torcida por você! Lembre-se que o principal você já faz que é se esforçar e se dedicar nos estudos.

Se quiser saber algo mais científico sobre a timidez e de entender melhor como se livrar dela, leia esse artigo do blog Escola Psicologia. Clique aqui

No Youtube tem muitos vídeos com dicas, para acessar todos sobre o tema basta clicar aqui.

É isso ai amigos, até a próxima.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial