Querido diário, venho por meio deste informar que por isso ser um diário, deveria ser atualizado ...

Música da madrugada: Lembranças da pré-aborrecência

By | sexta-feira, março 01, 2013
Querido diário, venho por meio deste informar que por isso ser um diário, deveria ser atualizado todos os dias, entretanto eu não estava com tanto tempo pra isso. Todas as manhãs eu estava fazendo cursinho por querer mudar de universidade, porém cai na real e vi que minha universidade é muito boa e acho que não vale a pena largar um pássaro na mão para arriscar pegar um voando, enfim, eu larguei o cursinho e agora tenho mais tempo para estudar, dormir e também postar mais algumas coisinhas aqui.

A primeira coisa que quero avisar antes de postar a musica do dia é que o que você quiser ver aqui no blog pode ser postado, desde que você encaminhe um email para diariojurista@gmail.com. Pode pedir apostila, vídeo aulas, exercícios, enfim, peça o que quiser que nós faremos o possível para atender o seu pedido, joinha? Ah sim já ia me esquecendo, vou começar a ler os emails agora então se você pediu alguma dica ou material e não viu publicado aqui, não pense que é má vontade não, pois logo logo seu pedido será realizado, juntos fazemos a força rsrsrs. É como digo: JURISTAS, UNIDOS, JAMAIS SERÃO VENCIDOS! ( Vish que desnecessário).

Então chega de enrolation, vamos à música de hoje. Em plena madrugada de 1º de Março, cá estou eu sem sono, depois de terminar dois trabalhos nesse instante. Essa música me lembra da época que minha preocupação era somente qual cor de power ranger eu queria ser, nem imaginava ainda o que seria esse tal de mundo jurídico etc etc etc. Época que eu tinha medo de fantasmas e não de injustiças. Confesso que não tenho muita afinidade com esse estilo de música, só me lembro porque ouvia passivamente, ouvia a música que o povo colocava pra escutar, e que consequentemente eu escutava por tabela (dã).

A música prega peça na gente, você sempre que ouve uma música antiga, consegue lembrar do momento que você passou quando estava ouvindo ela antes. Engraçado ou não, ela consegue essa proeza, seja momentos tristes ou bons, ela te faz lembrar. Deve ser por isso que tem gente que diz que música boa é aquela que não te traz nenhuma lembrança, enfim, cada cabeça é uma sentença mesmo rsrrs.

Bom, é isso ai, fiquem ai com o  Everybody (yeeeeah) dos Backstreet Boys! Até mais tarde =)


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial