6.03.2013

Estudante de direito procura héteros na parada gay

A 17ª Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) está animando também o público heterossexual.

A estudante de direito, Lucilene Ferreira Bissoli, 30, e uma amiga, de 17 anos, estão competindo para ver quem beija mais homens. A vencedora leva uma garrafa de vodca.

"Já beijei dez homens, mas quero chegar a cem até o fim da parada", disse Bissoli, que participa do evento pela segunda vez. Ela disse que os homens com quem "ficou" eram hetero porque "quando são gays, eles se afastam dizendo 'gosto de homem'".

Sua amiga disse que já beijou "seis até agora", mas não tem certeza se eram gays ou não. Ela pretende ficar com pelo menos 30 rapazes nesta parada, que é a primeira da que participa.



BEBIDAS

Apesar do cerco da Guarda Civil Municipal, a venda de bebidas alcóolicas por ambulantes está disseminada na Parada Gay deste ano, com forte presença do vinho químico --bebida ilegal feita com álcool comum, corante e groselha.

"A concorrência com o vinho está difícil, até agora vendi menos de 100 tirinhas", disse um ambulante que vendia os chamados "chupa-chups", sachês que contêm pinga, corante e açúcar, vendidos em tiras.

Segundo o vendedor, os sachês "adoçam a boca e deixam a mente louca". Cada um custa r$ 40, 50 CM enquanto o litro de vinho químico está saindo por R$ 8, em média, no evento.



Folha.com

Falta de Vade Mecum faz cada coisa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Diário de um estudante deDireito

No ar desde 2012 e com mais de 10 milhões de acessos, o @diariojurista figura como um espaço virtual para a comunidade acadêmica e não acadêmica também. Com textos objetivos e com linguagem simples, visa compartilhar informações, resumos, notícias, dicas e troca de ideias a quem por elas se interessar. Quem escolheu o Direito será um eterno estudante.




Postagens recentes

recentposts

Não deixe de conferir

randomposts