1. BREVE REVISÃO DA TEORIA GERAL DO PROCESSO – NOÇÕES BÁSICAS  Processo de conhecimento Lide – “conflito de interesses qualificad...

Estudos Diários: 4º período- Processo Civil I (Introdução)

By | quarta-feira, julho 24, 2013

1. BREVE REVISÃO DA TEORIA GERAL DO PROCESSO – NOÇÕES BÁSICAS 

Processo de conhecimento

Lide – “conflito de interesses qualificado por uma pretensão resistida” (Carnelutti)

Mecanismos de composição dos litígios – autotutela, autocomposição, heterocomposição 

Meios alternativos de composição dos litígios – conciliação, mediação, arbitragem – procuram dar maior celeridade ao processo, primam pela desformalização, estímulo a julgamentos por equidade, desprendimento da legalidade estrita – limites objetivos (matérias que a lei considera indispensável o processo) e limites subjetivos (sujeitos envolvidos - incapazes) 

Funções do Estado Moderno – bem comum – paz social – estímulo à “justiça coexistencial” (Cappelletti) – funções soberanas: administrativa, legislativa e jurisdicional – função jurisdicional: missão pacificadora –pacificação com justiça – aplicação da lei ao caso concreto e restabelecimento da paz entre os particulares e manutenção da ordem social – acesso à ordem jurídica justa – processo (método) – normas jurídicas – direito processual 

Conceito de Direito Processual – “ramo da ciência jurídica que estuda e regulamenta o exercício, pelo Estado, da função jurisdicional” (Alexandre Freitas Câmara) – “sistema de princípios e leis que disciplinam o processo”(Moacyr Amaral Santos) 
Autonomia do direito processual frente ao direito substancial – diversidade de natureza e objetivos: 
direito material – estabelece as normas que regulam as relações jurídicas entre as pessoas 
direito processual – regulamenta uma função típica estatal – direito público 

CUIDADO! Conforme afirma Humberto Theodoro Júnior: “Há, em suma, um direito processual que em sua estrutura ordinária merece ser tratado como um ramo independente do direito material. Há, de outro lado, um direito processual que serve à Constituição, e que, ao fazê-lo, não pode continuar sendo enfocado como autônomo. Já então é utilizado com o nítido objetivo de tutelar a situação jurídica material subjetiva em situação de crise, ou seja, de lesão ou ameaça. É simplesmente o instrumento de realização do direito 
material atingido por agressão ou ameaça ilícita”.

Objetivos do direito processual civil

Imediato – resguardar a ordem jurídica, pacificando os conflitos e assegurando o império da lei e da paz social 
Mediato – veículo de proteção dos direitos individuais das partes envolvidas 
no conflito 

Direito processual e sua relação com outros ramos do direito

Lei processual civil: aquela que regula o processo civil, que disciplina a função 
jurisdicional desenvolvida pelos juízes e tribunais
Lei processual no tempo: incidência imediata – aplica-se a lei que vigora no momento da prática do ato e não a do tempo em que se deu o ato material – não é retroatividade – respeita o ato jurídico perfeito, o direito adquirido e a coisa julgada – alcança o processo no estado em que se encontra quando da 
entrada em vigor – respeita os efeitos dos atos já praticados – tempus regit actum 
Lei processual no espaço: princípio da territorialidade – soberania do Estado – exceção: em matéria de prova, aplica-se a lei estrangeira quando o negócio jurídico material tiver sido praticado fora do Brasil, mesmo que a demanda seja aqui ajuizada, porém não se admite prova que a lei brasileira desconheça (LICC, artigo 13) 
Interpretação das leis processuais: LICC, art. 5.º – atender aos fins sociais a que se dirige e às exigências do bem comum – a forma não deve obrigatoriamente prevalecer sobre o fundo (ex.: artigos 244, 249, §§ 1.º e 2.º e 250 do CPC) – fiel interpretação para garantia da segurança jurídica  (Via)

Vídeo Aula

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial