De vez em sempre recebo emails de uma galera nervosa que acabou de entrar no curso de Direito e muitos deles acabam repetindo-se na questã...

O mito sobre o curso de Direito e a dúvida entre escolher uma carreira

By | sexta-feira, agosto 30, 2013
De vez em sempre recebo emails de uma galera nervosa que acabou de entrar no curso de Direito e muitos deles acabam repetindo-se na questão do assunto: Entrei no curso de direito mas não sei qual caminho seguir. Ou então pedindo informações a respeito do curso, como por exemplo, a questão das dificuldades, da leitura, enfim. Vamos lá

Primeiramente é preciso lembrar que você não é o(a) único(a) estudante de Direito na face da terra que entrou no curso sem saber o que fazer. Na verdade é perfeitamente normal, uma vez que são poucos(as) que entram no curso já sabendo o que realmente querem da vida (Não que você não queira), fato que ajuda muito na questão do foco dos estudos entre outras coisas. O melhor jeito de resolver esse problema é fazendo uma pesquisa, dando uma googada para saber se é isso mesmo que você quer, se é isso mesmo que você quer fazer pro resto de sua vida, se é isso mesmo que vai realizar seu sonho profissional.

E você estudante, já pesquisou sobre sua futura área de atuação pretendida? Pare tudo e vá fazer isso, às vezes você pode se surpreender com o resultado.

Além disso, também existe uma classe de estudante bastante tensa que é o pessoal que quer entrar no curso de Direito. É preciso entender que o curso não é esse bicho papão que muita gente (Inclusive estudantes do curso) vivem pregando por ai. "Tem" que ler muito? Sim. "Tem" que se dedicar bastante? Sim. "Tem" que ter bastante disciplina, foco e força de vontade? Sim. Mas qual é o curso que não exige isso? É a obrigação mínima que alguém deve ter ao entrar no mundo Universitário.

Entretanto, você não é obrigado(a) a fazer nada disso. Faz se quiser. Aliás, muitos estudantes saem do curso sem terem lido sequer uma única lei na íntegra, ou pior, sem ter lido nenhum livro inteiro ou apostila xerocada, ou pior ainda, sem ter lido o caso dos exploradores de caverna (brincadeira).

Quem "faz" o curso é você, estudante. Não é o nome da Universidade que vai te colocar à frente de ninguém; Não são livros que vão tirar sua vida social; Não são as apostilas e materiais que fazem o curso de Direito ser difícil, somos nós. Quem "faz" o curso é você! Você pode ser mais um zero à esquerda que possuirá um bacharelado? Sim; Pode ser um(a) dos(as) maiores juristas do País? Sim. Pode ser o quiser no nível que quiser, basta que você saia do planejamento e coloque em plano suas atividades.

Bem vindo(a) ao mundo jurídico.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial