Olá amigos segue abaixo uma denúncia gravíssima que recebi ontem de uma leitora do blog a respeito ...

Denúncia: UNINORTE contra o futuro do aluno

By | segunda-feira, setembro 23, 2013
Olá amigos segue abaixo uma denúncia gravíssima que recebi ontem de uma leitora do blog a respeito da perseguição e descumprimento da lei que a UNINORTE/ACRE está fazendo contra um aluno extremamente talentoso, um talento de mais alto nível e raridade. Acompanhem:

UNINORTE ACRE - CONTRA O FUTURO DO ALUNO


Toda instituição de ensino em qualquer parte do mundo apoia e prestigia seus melhores alunos. Alunos brilhantes obtêm graduação e até pós graduação aos 13 ou 14 anos de idade, e já estão preparados para serem campões em seus campos de trabalho. E as instituições , além de ajudar seus alunos, orgulham-se deles.
Em qualquer parte do mundo, menos na Uninorte, em Rio Branco. 
A Uninorte Acre tem, entre seus alunos brilhantes, o Guilherme Bocardi, no curso de Direito.
O Guilherme, que atualmente cursa o nono período, tem obtido resultados excelentes em vários concursos públicos. Passou para estagiário no Ministério Público Federal em primeiro lugar, em 2010. No mesmo ano, foi aprovado no Tribunal de Justiça para Analista Judiciário em 3º lugar, quando ainda estava no 5º período. Vejam bem, ele, aluno do 5° período e disputando com bacharéis e advogados, obteve o 3º lugar, mas foi apenas para treinar, pois o cargo é privativo de bacharéis em direito. Ainda em 2010, ele foi aprovado para o cargo de Técnico Judiciário no Tribunal Regional Eleitoral - TRE-AC, cargo que ele exerce atualmente com muita honra.
Em 2011, foi aprovado no Tribunal Regional do Trabalho – TRT 14 e em 2012, o Guilherme obteve o primeiro lugar no concurso para Conciliador no Tribunal de Justiça do Acre. 
Finalmente, em maio de 2013, o Guilherme fez o concurso para Analista Processual do Ministério Público da União, obtendo a terceira colocação, e sendo chamado logo na primeira turma. 
Agora começa a saga:


Baseado em Jurisprudência, o Guilherme impetrou mandado de segurança com pedido de liminar na Justiça Federal, a fim de abreviar a graduação. O pedido liminar foi deferido pela Exma. Juíza Federal Dra. Carolynne Souza de Macedo Oliveira, em 04 de setembro de 2013, dando o prazo de 10 dias para cumprimento. A ordem da Justiça foi fazer as provas finais e, havendo aprovação, colar grau e fornecer atestado de conclusão do curso.
A Uninorte foi intimada no dia seguinte através dos seus diretores, que logo de inicio prepararam um sessão de constrangimento para o aluno, chamando numa sala onde estava toda a diretoria e mais dois advogados, todos tentando intimidar o aluno. Marcadas as provas, a Uninorte impôs um nível de dificuldade desumano. Podia se ver nitidamente que a intenção primária era a de reprovar o aluno, até porque em um curso normal, o nível de ensino da Uninorte é abaixo do mediano, então o nível de dificuldade não poderia ser de tal magnitude.
Ainda assim, o Guilherme submeteu-se a esta maratona insana, só para vocês terem idéia, a segunda fase da OAB é composta de uma peça processual somada a algumas questões, em que se tem cinco horas para fazer, e na maratona Uninorte ele teve que fazer quatro peças processuais em quatro horas. Coisa feita para reprovar.
Mas o Guilherme conseguiu fazer e obter as notas. No total ele faz 14 provas, sendo 4 peças práticas, e a monografia, obtendo aprovação em todas, menos na matéria Conciliação, Mediação e Arbitragem, na qual HOUVE UMA QUESTÃO EM QUE CABEM DUAS RESPOSTAS! Ora, uma questão com duas respostas é nula de pleno direito, não havendo margem para discussão. (Logo após o texto segue a foto da questão da prova que possui duas respostas por meio da qual a instituição deseja reprovar o aluno e a relação das matérias com a respectiva pontuação. PERCEBAM, A COLAÇÃO DE GRAU DO ALUNO DEPENDE APENAS DA ANULAÇÃO DA QUESTÃO (Nº 32), QUE JÁ É NULA DE PLENO DIREITO POIS, REITERANDO, POSSUI DOIS GABARITOS. Analise e decida, você mesmo, se é o caso de incompetência ou de má-fé.

Mas a Uninorte deixou para entregar o resultado na última hora, e ainda usou dos serviços de uma bacharel em direito para mais uma vez tentar intimidar o aluno com ameaças e postura arrogante. Enquanto isso, a Uninorte tenta cassar a liminar em segunda instância , mas tenta cassar usando de mentiras e expõe todo seu desespero e falta de ética, configurando clara litigância de má-fé.
Não conseguimos entender tanto esforço apenas para prejudicar o aluno. A Uninorte não teria nenhum prejuízo. Seria apenas a mentalidade de Coronéis de Barranco, que não podem ver o sucesso de ninguém? 
Amigos, colegas, a demanda continua. A Uninorte, em clara desobediência à ordem da Justiça Federal, fica procrastinando o resultado, usando de artifícios sórdidos.
Por quê, Senhores Diretores da Uninorte, por que tanto esforço em impedir o sucesso de um aluno dos senhores? Por que tanto esforço para frustrar uma carreira de um jovem que foi obtida por mérito, após uma preparação em alto nível, adequada e direcionada que fez total diferença em meio a tanta concorrência? Por que tanta mesquinharia? Os senhores estão arriscando muito ao descumprir uma ordem judicial e serão responsabilizados.
Amanhã mesmo, caso o Guilherme INJUSTAMENTE não cole grau, iremos à carga novamente na Justiça Federal, e iremos responsabilizar os senhores, e os senhores sentirão a força da lei e do Estado de Direito para quem o afronta.
Mas também é importante que todos os companheiros alunos da Uninorte cerrem fileiras nesta causa. Hoje é o Guilherme, amanhã pode ser você!
Amanhã, segunda-feira, às 10:00 horas, o Guilherme vai buscar o resultado do recurso lá na Uninorte. ELES PROMETERAM, mas a palavra deles até agora tem valido bem pouco.
VAMOS PARAR AS ATIVIDADES DA UNINORTE E TODOS JUNTOS APOIAR NOSSO COLEGA. O MAL NÃO PODE VENCER O BEM. A MESQUINHARIA NÃO PODE VENCER O ESFORÇO. EM ÉPOCA DE REDES SOCIAIS E DE BRASILEIROS LIVRES E INTELIGENTES, A MENTALIDADE DOS CORONÉIS DE BARRANCO NÃO PODE PREVALECER. Agradecemos a presença de todos, alunos e não alunos. Apenas de políticos profissionais, agradecemos, mas dispensamos a ajuda.

Segue abaixo as imagens mencionadas no texto:




Fernanda B.


Recebi a denúncia ontem então ele foi hoje pegar o resultado. Vamos ver se tudo irá ocorrer conforme a lei manda. Estamos na torcida! 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Atualização em 23/09/2013 as 22:31

Recebi da irmã do Guilherme de que ele conseguiu a colação de Grau! Olha a mensagem in verbis:

Apesar do sorriso AMARELO E MÁ VONTADE DOS GESTORES DA UNINORTE (COORDENADOR JULIANO E VANESSA IGAMI) MEU IRMÃO CONSEGUIU! COLOU O GRAU! VOCÊS NÃO FIZERAM FAVOR NENHUM! Obrigada SENHOR! A vitória foi JUSTA!

É amigos, a justiça tarda mas não falha! 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial