Por Tribuna MS Mesmo ainda não sendo oficial, mas ao que tudo indica, o consumidor deve sim ter ...

Cliente da Claro chamado de "Otário Chorão", poderá receber uma indenização de R$ 300 mil a 3 milhões, segundo o Procon

By | quinta-feira, novembro 21, 2013
Por Tribuna MS

Mesmo ainda não sendo oficial, mas ao que tudo indica, o consumidor deve sim ter respeito e a falta do mesmo contra o cliente da empresa de telefonia e TV via Cabo, Claro, que ao enviar a cobrança a um assinante chamou o mesmo de “Otário Chorão”, poderá custar e muito caro à mesma.

Foi o que evidenciou o superintendente do Procon MS, Alexandre Rezende, ao adiantar que a empresa poderá sofrer uma penalidade administrativa, que poderá sr na ordem de R$ 300 mil a R$ 3 milhões, caso fique comprovado também a má qualidade no atendimento e o tempo de espera acima do permitido por lei e é claro, além do xingamento.


O caso que ganhou repercussão nacional, foi amplamente divulgado na Capital do Estado desde esta terça-feira (19), quando o empresário César Medeiros recebeu a fatura da TV via Cabo por parte da empresa de telefonia Claro e onde consta o nome do destinatário, constava: “Otário Chorão”.

Mas, no entanto, nada ainda é certo, mesmo porque o superintendente do Procon MS, Alexandre Rezende alegou que existem três competências e falou dos seus procedimentos. “Existem três competências. Uma é a questão administrativa que o cliente deverá resolver na Delegacia dês Crimes contra o Consumidor (Decon), que foi o tratamento dispensando a ele sobre o nome e o xingamento. A outra, é a questão do valor da fatura que já foi corrigido e o outro assunto é relativo ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), que será resolvido pelo Procon. Nós vamos levantar as informações para saber como foi atendimento” disse.

Uma vez mais o superintendente do Procon MS, Alexandre Rezende, adiantou aos clientes de todos os tipos de serviços que, aquele que se sentir lesado, como é o caso, deverá acionar a justiça solicitando uma indenização.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial