videoaula: A oitava maravilha do direito Meus nobres amigos de luta na área jurídica, já não...

Direito e videoaula: Vale a pena usar? Vamos usar corretamente?

By | quarta-feira, novembro 27, 2013

videoaula: A oitava maravilha do direito
Meus nobres amigos de luta na área jurídica, já não é de hoje que as videoaulas estão ai rondando a web com diversos conteúdos pagos e gratuitos de ótima qualidade. Além disso, as vídeoaulas servem como forma de fixação de conteúdo, embora nem sempre os utilizadores dessa ferramenta veja-a como tal. Então, é necessário que saibamos como usar as vídeoaulas da melhor maneira possível. 

1. Momento adequado

Um dos maiores problemas no momento de fazer uso de videoaulas encontra-se na questão do momento adequado. Antes de qualquer coisa, é interessante salientar aqui com você que nesse quesito não há entendimento pacificado (rsrsrsrs). Alguns consideram mais louvável fazer uso de videoaula ANTES de ler a doutrina, para assim não ir para a leitura sem saber do assunto pelo menos nas características gerais. Já outros preferem ver uma vídeoaula somente depois de terminada a leitura a respeito do assunto na doutrina, sendo assim a vídeofunciona nesse caso como fixação e não como antecipação do conteúdo a ser lido.

O que importa nesse caso é que notemos o fato de que o momento adequado é relativo, mas a leitura de doutrina é obrigatória seja antes ou depois de fazer uso de vídeos. Se você prefere usar vídeos como antecipação tudo bem, mas lembre-se de ler a doutrina depois. Já se você prefere usar como fixação, lembre-se de antes de dar o play  leia a doutrina e assim todos terminam felizes para sempre.


2. Tempo disponível

Outro grande paradigma enfrentado por nós estudantes no momento de fazer uso dessa ferramenta maravilhosa encontra-se justamente no quesito tempo. 

Sabemos muito bem que estudante de Direito (na verdade qualquer estudante) não pode ficar perdendo tempo. Para que isso não ocorra nas videoaulas, é necessário que você se programe para usá-las da melhor maneira que faça você não perder seu precioso tempinho. Um exemplo: Se você possui uma internet lentinha da silva, ou seja, aquelas que você não consegue ver o vídeo apenas dando o play (tem que esperar carregar bastante), fique lendo a doutrina até que o vídeo carregue para que você possa adquirir as informações contidas nele.

Além disso, outro paradoxo jurídico enfrentado por nós encontra-se na falta de tempo propriamente dita. Para solucionar esse empecilho, é necessária bastante disciplina para realmente enxugar o tempo e fazer seus estudos renderem cada vez mais. Para isso, é extremamente aconselhável montar um plano de estudos. Mas... Mais importante do que montar um plano de estudos é que você de fato cumpra seu plano de estudos. Por isso, vá devagar, não coloque horários exorbitantes caso você esteja começando! Lembre-se que nosso corpo é como uma máquina e toda máquina precisa de descanso.

Para não perder mais tempo durante suas vídeoaulas, é interessante que você não faça os seguintes pontos:

-Usar várias abas ao mesmo tempo no navegador;
-Ficar nas redes sociais conversando (Fique off pelo menos pra não se distrair tanto, pois as redes sociais também podem ser usadas para estudar);
- Carregar vários vídeos ao mesmo tempo (isso só vai fazer o carregamento demorar ainda mais).

O que devemos fazer no mínimo

-Usar apenas uma aba ou mais no caso de pesquisa de termos, com o vídeo pausado;
-Fazer anotações sempre que achar importante;
-Pesquisar exercícios sobre o tema assim que terminar a aula (se for possível)


3. Videoaula não é suficiente, não use-a para substituir a doutrina, mas sim para complementá-la!

Outro ponto bastante relevante para tratarmos de videoaulas encontra-se na questão de sua substitutividade. Infelizmente, alguns colegas pensam que a videoaula é autossuficiente para o entendimento do assunto, mas não é bem assim! Por mais que os professores sejam os melhores do universo, eles de forma alguma irão conseguir explanar em alguns minutos ou horas de vídeo o que uma doutrina inteira pode explanar.

O que é tratado na vídeoaula é apenas as partes mais gerais possíveis, isto é, muita coisa deixará de ser dita, principalmente detalhes cruciais que muita das vezes nem nossos professores da Universidade conseguem dissertar embora tendo meses para isso. Então, cabe a você buscar o conhecimento na doutrina! Nenhum professor tem obrigação de abrir sua cabeça e colocar o entendimento da doutrina, STF e jurisprudência em você por osmose, eles apenas fazem o trabalho de apontamento. No final das contas é você contra você!

O vídeo é o complemento e a doutrina é a base necessária para o conhecimento jurídico.

4. Não fique só vendo, faça anotações!

Uma das melhores coisas que tem nas vídeoaulas e que não tem, pelo menos até agora, em nossas aulas presenciais é a querida funcionalidade do pause, então usem sem moderação! Sempre que achar necessário anotar alguma coisa que o professor está dizendo na vídeoaula, não pense duas vezes, aperte o pause e anote! Pesquisas recentes mostraram que uma das melhores formas de aprender é escrevendo. Além do mais, para as pessoas que possuem pouquíssimo tempo disponível, é mais do que indicado fazer isso pois ao mesmo tempo em que você aprende no vídeo você reforça no papel.

Isso também serve para a leitura de doutrina, só que nesse caso é melhor você ler tudo e depois ver se realmente aquilo é importante o suficiente para ser anotado, pois você sempre terá sua doutrina ali paradinha sem a necessidade de ficar dando pause quando achar algo necessário. Já no vídeo a anotação pode ser feita de primeira, você não precisa ver o vídeo duas vezes, basta dar pause e pronto. Mas fica a seu critério ver quantas vezes achar necessário.

5. Ler é maravilhoso!

Fora tudo que a leitura pode te proporcionar em termos científicos, cá pra nós, ler é bom demais! Não tem coisa melhor do que você passar a tarde lendo aquela doutrina que você tanto gosta seja física ou digital. O hábito de ler é inerente, ou pelo menos deveria ser, aos estudantes de direito.



A leitura fica ainda melhor quando temos bastante tempo para apreciá-la. Infelizmente, nem todos possuem tempo na quantidade que queriam para se debruçar nos livros e por isso acabam usando somente a videoaula e olhe lá. Mas devemos ter foco na vida e saber usar o tempo ao nosso favor. Se falta de tempo fosse sinônimo de vitória, somente os desocupados teriam sucesso. Quem quer, dá um jeito e quem não quer arruma uma desculpa. Bons estudos doutrinários com muita videoaula da Tv justiça e afins!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial