quinta-feira, novembro 28, 2013

UFC jurídico: Alunas de Direito da Univag trocam socos e puxões de cabelo dentro da Universidade.

E hoje o que recebi por inbox possui ares de uma famosa competição internacional adorada por muitos! Mas só que aqui o UFC é jurídico, infelizmente. 



Duas universitárias do curso de Direito da Universidade de Várzea Grande (UNIVAG), brigaram no pátio no Centro Universitário, na manhã desta quarta-feira (27.11), chamando atenção de todos os acadêmicos da instituição.

Nas imagens divulgadas na internet, duas mulheres estão trocando socos e puxões de cabelo. Ao ver a briga, outros acadêmicos tentam conter as jovens que acabam caindo no chão. Caídas ao solo, elas continuam se agredindo e os colegas tentando “apartar” a briga.

Depois de vários socos e puxões de cabelo, os outros universitários conseguem separar as duas acadêmicas. Uma delas demonstra irritação e tenta reiniciar a briga, mas é contida por um colega. Segundo informações, após serem “separadas” as alunas foram embora.

A Polícia Militar foi acionada pela universidade. Aos policiais uma universitária informou que as jovens cursam Direito na instituição.

A Univag informou que irá abrir um processo administrativo e disciplinar para decidir uma punição contra as alunas, podem ser uma simples advertência ou até mesmo uma expulsão.


Reportagem da Vg notícias, portal regional de lá

vídeo



Uma aluna de lá que também cursa Direito desabafou para nós:

"O pior de tudo, é você ler a reportagem e se deparar com a frase "acadêmicas em Direito (...)". Agora eu te pergunto, qual será o nível de profissionalismo delas no futuro, quero dizer, no futuro não e sim a partir de agora que é onde já começa a criar seu perfil e caráter profissional, devido os estudos e conhecidos da área. Estudantes de Direito querendo ou não, acabam se dominando "advogado, promotor, defensor e juiz" antes mesmo de saber quase sobre o artigo 5º da Constituição Federal, mas nem assim alguns conseguem colocar em pratica aquilo que se adquirem em estudos. Violência gera violência, e depois a pessoa envolvida ao fazer o B.O vira e denuncia, com a seguinte frase "revidei porque ela me agrediu. Nao ia passar vergonha na frente de tanta gente." Ahan, ok!! Agora vem a questão das marcas, marcas aquelas que jamais vão se apagar devido o envolvimento RIDÍCULO , INFANTIL e com excesso de ausência de atitudes de uma pessoa que carrega o titulo de determinado curso."

Sdds lei de talião.

Vídeo da semana

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *