Olá amigos e amigas de notável saber jurídico e reputação ilibada! Como vcs estão? E as férias? :) Falando em férias o presente post p...

Livro para ler nas férias: O diário de Jack, o Estripador.

By | sexta-feira, dezembro 13, 2013
Olá amigos e amigas de notável saber jurídico e reputação ilibada! Como vcs estão? E as férias? :)

Falando em férias o presente post pretende servir de apontamento para indicar uma leitura para nossos momentos de vacância. Eu vou ler ele porque fui indicado por um amigo que entende muito de criminologia. Então farei essa leitura como meio de melhorar minha noção sobre tipicidade de conduta. Ah, antes de mais nada, pelo que pesquisei, o caso realmente aconteceu! Vamos ver mais informações a respeito do caso através de uma reportagem emitida pelo Jornal Folha de SP:

Publicado no Brasil pela editora Universo dos Livros, "O Diário de Jack, o Estripador" apresenta o controverso relato do suposto autor dos crimes hediondos que aconteceram em Whitechapel, um bairro pobre de Londres, no fim do século 19. O assassino nunca foi identificado.

Edição apresenta o polêmico diário atribuído a Jack, o EstripadorJames Maybrick, comerciante de algodão que viveu em Liverpool, é o dono mais provável do diário. Maybrick foi envenenado pela mulher, Florence, em 1889. Entre incrédulos e curiosos, o volume foi analisado por cientistas, historiadores, especialistas em caligrafia, psicólogos e estudiosos no caso do estripador. O documento foi submetido a vários testes.



Em 1993, o jornal "Sunday Times" defendeu que era uma falsificação moderna. Porém, um relógio descoberto em Liverpool trazia a inscrição "J. Maybrick. Eu Sou Jack". Nas bordas, as iniciais das prostitutas assassinadas em Londres.

Um serial killer relatar seus crimes ou produzir provas desse gênero não é algo incomum. Fred West, Pee Wee Gasking e Charles Manson, entre outros, deixaram registrados seus atos e pensamentos, tudo com um exuberante egocentrismo patológico.
"Ele queria desesperadamente que outros soubessem o segredo que o consumia. Ele viveu na casa de número 7 da Riversdale Road no final dos anos 1880", afirma Shirley Harrison, responsável pelo livro.

Para baixar o livro clique aqui, boa leitura! Depois eu conto o que achei do livro rsrsrsrs e espero que você me conte também!

Preço do livro físico: R$ 50,00 clique aqui para conferir
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial