domingo, julho 27, 2014

Procrastinação: Como combater um dos maiores inimigos do estudante

Um dos maiores empecilhos para nós estudantes na hora de estudar é a famosa procrastinação. É incrível como quando você decide ler alguma coisa, um milhão de coisas legais aparecem para chamar sua atenção e desviar o seu foco naquele momento. Né?


Então, como também sou estudante, também passo por isso. Hoje consigo controlar mais essa bendita propró (nome íntimo, ela já é de casa), mas não vou dizer aqui que não procrastino porque seria uma mentira maior do que dizer que Kelsen era jusnaturalista desde criancinha.


Para tentar combater essa bendita, decidi criar três pilares e aos poucos ir fortalecendo eles. Caso você que esteja lendo isso também queira vir comigo nessa viajem rumo ao fim da procrastinação, acompanhe abaixo e let’s go:

Primeiro: Estabelecer metas PEQUENAS. Isso mesmo, pequenas. Como o objetivo aqui é grande, temos que ir começando aos poucos pra depois chegar no nível que queremos. É como uma malhação na academia. O treinador sempre começa te dando pequenos pesos, mas você não vai ficar sempre apenas com aqueles pesinhos (espero que eu não fique). Mas você só sairá desse peso pequeno se conseguir adaptar-se a ele. Então, uma vez adaptado(a), você poderá evoluir. Mesma coisa aqui, com metas pequenas é mais fácil de cumprir e tirar esse sentimento de “eu deveria estar estudando” que passa em nossa cabeça de vez em quando. Seu objetivo é ler o livro da disciplina X no próximo semestre? A primeira coisa a ser feita é saber quantas páginas o livro tem e quantos dias exatos você tem para a última avaliação. Vou dar um exemplo meu: Já terminei todas as disciplinas de direito penal. Mas vou revisar penal II com meu livro favorito (Bitencourt) que possui exatamente 500 páginas.

Meu  livro de penal II que eu citei. É possível lê-lo em 10 dias sem muito sacrifício! De pouco em pouco ele vai acabar, mas o conhecimento fica!

A maioria quando vê tanta página já fica perdido, quase todo mundo reclama dessa quantidade “absurda", mas sua  mãe sempre disse que você não é todo mundo, então nada de criar bloqueio desnecessário!

500 PÁGINAS NÃO É MUITA COISA, EU IREI LER TODAS! Pense sempre assim, não se desmotive jamais! A motivação é muito importante nesse processo contra a procrastinação. Pronto, passado isso, vamos ao planejamento de devorar 500 páginas de direito penal. Se você não curte ler muito, ou não tem muito tempo pra isso, estabeleça uma pequena meta de 50 páginas por dia, tá bom demais. VOCÊ NÃO PRECISA LER AS 50 NA MESMA HORA. Leia 20 (depois do café, na ida pro trabalho etc, mas acorde cedo pra que a leitura não acabe te atrasando pros seus compromissos diários), anote o que quiser, depois do almoço mais 20 e quando chegar do trabalho ou faculdade à noite em casa leia mais 10. Fazendo apenas isso, em 10 dias, você leu 500 páginas! Tá vendo que é possível? Se ficar nesse ritmo, em um mês, você lerá 3 livros. Como cada semestre possui 6 meses, você terá lido 18 livros, incrível, né? Mas a maioria não consegue por não ter planejamento ou por pensar que precisa de muito tempo pra isso. 20 páginas você lê em quantos minutos? 10, 15, 20 no máximo não é? Não ache pouco, comece assim até terminar os livros.

Segundo: Pratique todos os dias. É melhor fazer o pouco todo dia do que muito num dia e nada nos dias seguintes. Achou pouca coisa ler 50 páginas distribuídas durante o dia normal? Achou esse planejamento fácil demais? Tente praticar primeiro. Quado você notar que pode ir além, vá, mas acrescente mais um pesinho, do tipo mais 5 páginas, não dê um passo maior que a perna. Quantas pessoas você conhece que leem 3 livros jurídicos de 500 páginas por mês? Pouquíssimas, né? Esteja entre eles também, você não é pior do que ninguém, jamais aceite que te digam isso. Lembre-se que para chegar aonde a maioria não chega é necessário fazer o que a maioria não faz.

Mas ó: É NECESSÁRIO FAZER, não precisa ser muito, MAS SÓ DE FAZER, VOCÊ JÁ ESTÁ EVOLUINDO E TENTANDO MELHORAR SEUS CONHECIMENTOS. Você já é um(a) vencedor(a) fazendo isso, e será ainda mais quando colher os frutos de seus estudos.

Porém, cada caso é um caso. Veja: Você é mãe ou pai de família e quer tirar o final de semana pra curtir com a garotada, o maridão e a esposa juntos, logo não poderá ler naquele momento. Faz o seguinte, acorda mais cedo, leia um pouquinho e quando chegar em casa leia mais um pouquinho e mais um pouco antes de dormir. Você não precisa deixar de viver para estudar. As vezes eu posto umas piadinhas na página dizendo que estudante não vive, mas fica só nisso: Na brincadeira. Não precisamos nos matar de estudar pra conseguir atingir metas. O esforço diário é o que vale! Um pouquinho todo dia faz uma baita diferença no final, diga-se de passagem.

Por último e não menos importante: Toda hora é hora e todo lugar é lugar pra estudar. Não fique pensando muito em escolher hora nem em idealizar um cantinho de estudos perfeito pra você, APENAS COMECE A ESTUDAR. Tá no estágio e acabou os processos antes da hora? Isso acontece com frequência? Por que não levar um livro para ler nas horinhas que restam pra você cumprir o horário? Tá na faculdade e o professor saiu mais cedo? Por que não ir pra biblioteca e adiantar a leitura que você ia fazer quando chegasse em casa? A criançada foi dormir mais cedo? Por que não ler as 10 páginas que faltam para as 50 do dia? Tudo depende do quanto você está disposto a agir para acabar com a procrastinação. Não adianta estabelecer metas pequenas e bem divididas, querer estudar todo dia em qualquer horário ou em qualquer lugar (tem lugar e horário que não dá pra estuda obviamente, mas é você que decide), se você ficar apenas pensando. Você precisa agir o quanto antes! Que tal começar hoje?

Resumindo: 
Estabeleça uma meta que pode cumprir;
Vá cumprindo essa meta um pouquinho todo dia
Aproveite ao máximo o horário disponível que você tem pra estudar, você não precisa passar horas e horas estudando pra isso. 



 Qualquer coisa não esqueça que podemos trocar ideias por email, vamos juntos compartilhar nossas pequenas vitórias diárias? Caso queira seguir esse roteiro e tenha alguma dúvida pra adaptar a você, mande um email p/ diariojurista@gmail.com vamos fazer certo até dar certo!

6 comentários:

  1. Olaaa, sou estudante do ultimo ano do ensino medio e agora no fim do ano vou prestar para Direito. seu guia anti-procrastinação foi de muuuita ajuda!!! Amei!

    ResponderExcluir
  2. Valeu pela ajuda, excelente dica!!!

    ResponderExcluir
  3. Mandado de despejo para a procrastinação, #fora de casa hoje! Parabéns pelo texto, é motivador!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns tu passa muita motivação para ser uma estudante disciplinada

    ResponderExcluir
  5. Eu amei o post! de grande valia mesmo! Só achei no mínimo otimista demais dizer que a leitura de 20 pags dura 10, 15, 20 minutos no máximo... (?) A leitura de 20 págs bem lidas dura em média 1h. Portanto, se alguém se propuser a estudar 50 paginas por dia, pode separar umas 2h30' por dia aí...

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.

O Autor


Henrique Araújo: Jusblogueiro desde 2012 e alérgico à lactose desde sempre. Acredita que o conhecimento só é válido quando compartilhado e está aqui pra somar. Melómano, amante do direito constitucional e enxadrista por teimosia. Docente em formação, escreve por hobbie e espera que esse Blog seja útil pra você. Aprovado no XIX exame da OAB. Sabe que um mundo perfeito é utópico, mas que é perfeitamente possível torná-lo melhor por algo ou pra alguém, escolheu o direito como ferramenta de materialização dessa ideia. Sigam-me os bons.

Fale comigo

Nome

E-mail *

Mensagem *