OLá,.. Sou estudante de Direito e estou no quinto semestre, mas tenho impressão de q...

Espaço do leitor: Superando a vergonha de falar em público e a memória curta

By | sexta-feira, junho 19, 2015
OLá,..
Sou estudante de Direito e estou no quinto semestre, mas tenho impressão de que os semestres passam e eu não sei de muita coisa sobre os conteúdos. Estudo umas 4 hras por dia, fora o horário da faculdade, porém, vejo que em um dia estudo e no outro lembro pouquíssimo do que foi lido. Vejo isso como um enorme problema, pois creio eu que tenho dificuldade de aprendizagem.
Tenho também uma enorme dificuldade de falar em público, não sei se isso é nervosismo ou é pq realmente o que eu estudei não consegui aprender e acabo decorando pra falar. Isso me assusta e acabo me perguntando o que poderei ser um dia se nem conseguir falar em público eu consigo. Difícil!!
Nunca tive sonho de qualquer profissão, só quero ser algo... Escolhi essa área pq me identifiquei com as matérias que foram mais fáceis de compreender, a partir disso pensei no Direito.
Agradeço por essa abertura que nos dão para podermos expressar nossas opiniões e dificuldades e algo mais. Se puder me ajudar o mínimo que seja ficarei feliz. Obrigada!!

De fato falar em público não é nada fácil. A questão da memorização também é delicada. Mas nada que um bom método de estudo não resolva. Para conversarmos um pouco a respeito de eventuais meios para solucionar esses entraves, vamos por pontos.

1 - Medo de falar em público

O medo as vezes está associado ao pensamento de que você não tem competência para tal ou que não domina o assunto o suficiente para falar sobre ele.

A solução para isso é adquirir autoconfiança. Para tanto é necessário bastante treino e estudo até o ponto em que você tenha ciência de que domina aquilo por completo. 

Sabendo do assunto, é hora de treinar a abordagem do tema. Você pode, você é capaz, você conseguirá! 
Pense sempre positivamente, ajude a lei da atração ajudar você - quando tiver um tempinho livre assista o documentário "o segredo", vai ajudar a entender um pouco essa temática, o link do documentário tá aqui, é só clicar.

Fale em voz alta para você de frente para um espelho e veja sua postura e tente sempre manter a coluna reta e não gesticular tanto com as mãos, tem gente que sacode tanto a mão que parece que tá sambando na sapucaí por conta do nervosismo. Presta atenção nesses pequenos detalhes, faz toda a diferença.

Caso você seja muito perfeccionista, sugiro fazer gravações de áudio e/ou vídeo de sua apresentação como forma de treinamento. Nada melhor do que você para julgar se tá falando rápido demais, se tá enrolando num determinado ponto ou se algo da explicação ficou vago. Ai é só anotar as falhas e gravar novamente tentando corrigi-las :D

Caso queira algumas dicas de oratória é só clicar aqui

Aliás, essa é uma ótima forma de estudos até. Você explicar um assunto força o raciocínio e melhora seu discernimento. Dizem por ai que o melhor jeito de aprender é ensinar, quem sabe não dê pra juntar o útil ao agradável e fazer isso inclusive nos estudos para as provas? :)

2 - Medo de esquecer os assuntos


Infelizmente é uma realidade vivida por todos nós. Nossa mente não armazena para sempre tudo que vemos, lemos e escrevemos. O segredo para não esquecer o que você estudou encontra-se na ação de revisar o conteúdo. 

Aliás, já falei sobre isso no blog, caso queira dar uma conferida é só clicar aqui. 

Quando você estudar, deixe tudo anotadinho de forma organizada apenas as partes principais do assunto. De preferência estude escrevendo em manuscrito. Pesquisas já comprovaram que estudar escrevendo manuscrito ajuda muito mais na fixação do assunto do que simplesmente digitar o assunto. 

Depois é só você marcar um período de tempo para fazer a revisão daqueles assuntos. Você pode deixar anotado em algum app, tipo o evernote, ou em sua agenda manual mesmo. É muito importante deixar tudo organizado para não deixar passar nada. 

Caso não queira deixar esses avisos, marque ao menos uma vez por semana, no fds, 10 minutinhos para dar uma olhada em suas anotações da semana. Assim, toda semana você irá revisar o conteúdo até que seu caderno esteja completo e você não precise mais anotar muita coisa - apenas as atualizações - e passar a ler a letra da lei e resolver questões, só voltando pro assunto quando errar a questão referente a ele.

No começo pode ser um pouco difícil, mas nada que o hábito não faça você superar. Com bastante dedicação, esforço e disciplina você vai superando barreiras, matando um leão por dia e ficando cada vez melhor. Espero que dê tudo certo! Qualquer coisa estou à disposição.

Bons estudos :)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Caso queira participar da coluna espaço do leitor é só enviar um email para diariojurista@gmail.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial