3.08.2016

Pedido do leitor: Como melhorar o desempenho nas provas da faculdade?

Pedido do leitor: Como melhorar o desempenho nas provas da faculdade?



Olá Estou cursando o 3° semestre. O Curso de Direito não é muito fácil, como poderia estudar pra ser mais fácil ? Teria que fazer resumos das aulas que vejo ? E como posso fazer pra melhorar as minhas notas?
Atenciosamente:
J.


Olá, J. 

Realmente não é tarefa fácil estar a par dos estudos que cercam o meio jurídico. Mas grande parte dessas dificuldades são criadas por nós mesmos através de diversos atos que acabam minando nosso desempenho: Desorganização, procrastinação, falta de metas a curto e longo prazo e assim sucessivamente. 


O primeiro passo é reconhecer o erro para poder trabalhar em seus devidos reparos.


Organize-se e tenha foco no conteúdo dado em sala


Faça cronogramas, estude um pouco todo dia seja lendo doutrina, assistindo vídeos ou fazendo mapa mental. Vá tentando métodos diferentes até encontrar o que mais se encaixa ao seu estilo de estudar. Jamais deixe pra ler o assunto da aula do dia pra depois, aula dada, aula estudada hoje. Assim você evita acúmulos e não vai precisar ficar horas estudando em cima das provas porque estudou todo dia um pouquinho.


Anote atentamente as informações dadas em sala, se necessário passe a limpo em casa. Complemente com doutrina ou material da internet ou até mesmo vídeos e jamais esqueça de revisar o conteúdo estudado. Uma passada de olhos durante o final de semana de um conteúdo estudado na semana faz uma diferença danada.


Escreva com capricho, sua anotação será seu principal instrumento de estudo!


Para melhorar as notas, foque no assunto que é dado em sala. O professor cobra o que ensinou, então antes de ir para o livro, vídeo ou algum outro material que você encontrou na web, certifique-se de que o conteúdo dado em sala já foi devidamente estudado. Afinal, é ele que será cobrado. 

Antigamente eu estudava mais pelo livro e materiais afins do que pelas anotações em sala, minhas notas nunca correspondiam às minhas expectativas. 

Passei a ter mais compromisso com as anotações feitas em sala, fazia tudo direitinho para depois só ter o trabalho de revisar e, se fosse o caso, complementar com algum conteúdo doutrinário quando ficasse com dúvida sobre o assunto ou não tivesse compreendido de forma adequada. Minhas notas subiram consideravelmente.

Não deixei de usar vídeo e livros, apenas dei prioridade às anotações e deu certo. Livro, vídeo e demais materiais devem ser estudados para complementar, mas como complementar algo que você não estudou nem revisou? Com tudo revisadinho e bonitinho, leia o quanto quiser de livros e mais livros, afinal todo conhecimento é válido. Mas antes faça seu dever de casa primeiro = revisão das anotações do conteúdo dado em sala, pois sua prova será cobrada com base nesse conteúdo.

Veja um exemplo da mudança de minhas notas:



Não deixei de ler meus livros, ler artigos na web ou de ver videoaula, nada disso! Apenas foquei no que era necessário. Simples assim.

O estudo é feito em casa e não em sala de aula, então vale anotar até a respiração do prof pra passar a limpo depois e deixar seu resuminho daquele jeito lindo e maravilhoso, no ponto de bala para fazer uma boa revisão.


Assistir aula é diferente de estudar!

Desejo um excelente desempenho em suas próximas avaliações, sucesso! 

9 comentários:

  1. Ao longo do curso fui aprimorando o meu jeito de estudar e descobri que de fato anotações, resumos e repetidas revisões compõe o conjunto ideal para eu tirar notas elevadas. Como você mencionou no seu texto, é importante separar o que é cobrado em provas universitárias do que é pedido por uma banca de concursos públicos e até mesmo a OAB (cada um tem um foco diferente!).

    Ah, eu adoro quando você fala de métodos de estudos e a dinâmica das provas da faculdade, Henrique! Espero ver mais postagens assim por aqui. ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabelle! Fico muito feliz pelo seu comentário. Muito obrigado! 😃 você resumiu PERFEITAMENTE a questão. Valeu pelo feedback, farei mais posts nesse sentido então. Bjss

      Excluir
    2. Boa noite Henrique, te agradeço pela técnica que tão sabiamente soube passar! Após 34 anos afastada de uma sala de aula, ler o seu post, me ajudou em muito clarear uma forma de estudar o Direito. OBRIGADO!

      Excluir
    3. Olá Jane! Fico feliz por ter sido útil. Obrigado pela visita! Qualquer coisa é só chamar. Abraço.

      Excluir
    4. O problema é quando o professor não explica quase nada, melhor nem anotar. É mais satisfatório ler doutrina e assistir vídeo aula.

      Excluir
    5. É verdade, mas alguma coisa ele explica. Nesse caso vale a pena anotar os tópicos e estudá-los em casa. Ou, na pior das hipóteses, usar o cronograma da matéria como guia. Abraços.

      Excluir
  2. Seus posts sempre contribuindo de alguma forma ... obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disponha! Fico feliz por ter sido útil. Abraço.

      Excluir
  3. Vc estar me ajudando mt. Hj cheguei da faculdade arrasado com mt vontade de desistir de tudo. Orei e tal e creio q Deus me trouxe pra ler tudo isso q vc postou.. estou ha horas lendo. MT obrigado. Deus ABENCOE.. estou percebendo q nos q fazemos nossos erros, não q somos bairros kkk..

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.

Diário de um estudante deDireito

No ar desde 2012 e com mais de 10 milhões de acessos, o @diariojurista figura como um espaço virtual para a comunidade acadêmica e não acadêmica também. Com textos objetivos e com linguagem simples, visa compartilhar informações, resumos, notícias, dicas e troca de ideias a quem por elas se interessar. Quem escolheu o Direito será um eterno estudante.




Postagens recentes

recentposts

Não deixe de conferir

randomposts