11.15.2017

OAB é maratona, não corrida de velocidade


OAB é maratona, não corrida de velocidade


Olá, meus queridos jusamigos(as). Com a proximidade de mais uma etapa do exame da ordem, assim como o fato de 2018 estar bem ali, e com isso alguns de vocês começarão a dar ênfase ao exame da OAB, senti que era necessário escrever um breve post sobre o estudo para a prova da ordem.

Fico extremamente preocupado com o desgaste - financeiro, social, emocional e profissional - que vejo muitos amigos passando. Essa importante etapa de nossas vidas não precisa ser assim. Aliás, não deveria!

O exame da OAB visa avaliarconhecimentos que adquirimos durante 05 anos na faculdade. Não há necessidade de entrar em pânico! Muita coisa vocês já sabem, outras estão ali escondidinhas na memória e alguns temas realmente são desconhecidos.

O que é preciso ter ciência é que nessa etapa é importante revisar com calma os principais temas das principais matérias da ordem. O que não falta no blog é dica de como, quando e porque fazer isso.

Não é o momento de aprender nada do zero. Tranquilamente revisando o melhorando o conhecimento do que você já sabe é suficiente para sair com êxito do exame. Uma vez reforçado o que já se sabe, ai sim passe a cogitar aprender mais sobre temas desconhecidos.

Lembre-se: O exame da OAB te dá o luxo de errar metade da prova e mesmo assim você passa. Você não precisa estudar para gabaritar. Até porque pelo pouco espaço de tempo tem tudo pra dar errado e, dando errado, as chances de não gabaritar e nem passar são grandes. Chances essas que poderiam ter sido evitadas com um estudo mais técnico, tranquilo e direcionado.

Não se sinta na obrigação de aprender o que não sabe até aqui. Sugiro reforçar o que já é sabido e ampliar esse conhecimento direcionando nas matérias com maior quantidade de questões. Somando isso à uma rotina de resolução de questões anteriores, cuja quantidade dependerá do quanto de tempo você tem por dia, não tenha dúvidas: você irá passar!

Quem está chegando perto do último ano do curso, uma recomendação: Valorize as matérias da faculdade, deixe para se preocupar com OAB quando de fato estiver habilitado(a) para prestar o exame. Acredite, você estará estudando pro exame muito melhor dessa forma, por mais paradoxal que isso possa parecer.

Estude no seu tempo, você não tem obrigação de prestar esse ou o próximo exame. Vá estudando, revisando, respondendo questões e preste o exame quando você sentir que esse é o momento. 

Eu senti que meu momento era quando eu estivesse no 9º período do curso. Mas você pode sentir que seu momento será depois da formatura, pois terá mais folga para estudar como desejado. Não há nada de errado nisso, cada um tem seu time

Ah, mas se não passar de primeira? E daí? A carteira de quem passou depois de 2 ou mais tentativas tem as mesmas qualidades de quem passou de primeira. A carteira de quem passou com 10 é a mesma de quem passou com 06. Pare de criar obstáculos pra você mesmo. Comece a construir pontes de solução.

Vá com calma, com constância. No seu tempo. As coisas vão acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Diário de um estudante deDireito

No ar desde 2012 e com mais de 10 milhões de acessos, o @diariojurista figura como um espaço virtual para a comunidade acadêmica e não acadêmica também. Com textos objetivos e com linguagem simples, visa compartilhar informações, resumos, notícias, dicas e troca de ideias a quem por elas se interessar. Quem escolheu o Direito será um eterno estudante.




Postagens recentes

recentposts

Não deixe de conferir

randomposts