Dicas para calouros: Parte 1

janeiro 18, 2015 19 Comments A+ a-

Ah a vida de calouro! Tudo é novidade, tudo é mágico!
Acabou de ser aprovado(a) no curso de Direito e quer umas dicas? Deixarei algumas aqui e prometo sempre postar mais. Ah, vou especificar cada uma posteriormente, não se preocupe! Você pode entrar em contato pra perguntar o que quiser também! :)


1º Não saia por ai dizendo que vai processar Deus e o mundo alegando conhecer os seus direitos, isso é a coisa mais nonsense que existe;


2º Não compre vade mecum esse ano, além de ser pouco usado - apenas para a LINDB - o código de processo civil foi alterado então o vade que você comprar agora em 2016 estará ultrapassado por um novo CPC;

3º Tenha em mente que 90% do que você precisa saber não é dado em sala de aula, então sua maior fonte de conhecimento deve ser o livro e não os resumos que o prof passa em sala. Ok, existem exceções e professores maravilhosos, mas nenhum deles substitui o livro.

4º Tente desde já se familiarizar com o costume de ler informativos. Além de ser didático, é uma forma de você aprender bastante porque os informativos dos tribunais superiores são super didáticos e bem explicativos; A leitura da jurisprudência ajuda a compreender a teoria na prática. Mas vá devagar, veja "sem compromisso" por enquanto. Posteriormente explicarei como fazer isso de forma simples e objetiva;

5º Tenha um bom caderno de anotação, você não precisa ler livro pra ser aprovada ou se formar no curso. O que mais tem por ai é zé que não sabe a diferença entre analogia e interpretação analógica (coisa básica do direito penal), mas que vive se gabando por ser bacharel. Então, como disse no item 3º, grande parte do que você precisa saber não é dado em sala porque são nuances complexas que um prof sozinho não consegue exaurir.

6º Estude pra prova pelo caderno, estude para o curso pelo livro. 

7º Por isso, saiba diferenciar nota de mérito. Nem sempre quem tira 10 manja de tudo, na verdade muitos pegam provas anteriores, decoram e fecham a prova mas não sabem fazer um "O" com copo;

8° Você pode ser o que quiser, desde que tenha a consciência de que quanto mais alto o lugar onde você quer chegar, mais dolorosa será a caminhada. Então se quiser ter resultados diferentes da massa, pratique ações diferentes das que eles praticam, assim você não será apenas mais um(a) iludido(a) no curso;

9º Você não precisa deixar de "viver" por causa do curso, isso é coisa de desesperado que deixa pra fazer trabalho de madrugada ou pra estudar em dia de prova. Esse tipo de gente não é exemplo positivo de nada, no máximo nos ensinam o que "não fazer", assim, aceite o fato de que existem muitos veteranos mais burros que os calouros. A prova disso são os 90% de reprovação na OAB.

10° Nunca deixe que sua inteligência ou conhecimento considerável no meio jurídico aumente seu ego ou suba a sua cabeça. Lembre-se que você vai estudar termos difíceis, lógicas complexas e muitas vezes à beira da incompreensão para defender direitos e prerrogativas de pessoas que muitas vezes não sabem sequer assinar o próprio nome, tenha consciência disso porque é o que mais está em falta hoje em dia. Boa sorte!

Advogado, pesquisador e escritor. Criador do Diário Jurista. Pode ser encontrado no Facebook, Google+, Twitter e Instagram.

19 comentários

Write comentários
Liz Vale
AUTHOR
18 de janeiro de 2015 13:14 delete

Obrigada por ter feito um post especial hoje! :) há tempos eu estava procurando dicas para calouros de Direito e suas dicas foram bastante úteis! ^^ então, bateu uma dúvida chata aqui: você disse que o calouro deve ter um caderno de anotações, mas este caderno seria o normal, de 10 matérias, ou um caderno a parte do caderno normal? Outra coisa, na faculdade/universidade, você utiliza muito o caderno?

Grata pela sua atenção desde já :)

Reply
avatar
Gustavo Ortiz
AUTHOR
18 de janeiro de 2015 13:33 delete

Nossa, Adorei a matéria!!!
Super útil... Estou louco pela continuação!!!!!

Reply
avatar
18 de janeiro de 2015 20:54 delete

Obrigada! ! Foi muito útil a postarem. E minha dúvida é a mesma da Liz. ..

Reply
avatar
19 de janeiro de 2015 07:45 delete

Oi, Liz! Fico feliz em ser útil! =)


Quanto ao caderno, é o normal mesmo. Pode ser de 10 matérias ou até mesmo um de uma matéria só para deixar mais organizado, mas tanto faz. É com esse caderno que você faz as anotações dos esquemas do professores e também de coisas importantes que ele fala durante a aula.

Olha, todo semestre eu compro um caderno. Entretanto não é por conta das anotações. Eu uso bastante o caderno porque gosto de resumir em esquemas alguns temas dos livros e vídeos que uso para estudar, sabe? Por isso eu tenho dois cadernos geralmente: Um só para anotar o que é dado em sala de aula e outro, mais organizado e mais completo, para anotar coisas do livro e de vídeos. Qualquer coisa é só perguntar, abraços!

Reply
avatar
19 de janeiro de 2015 07:46 delete

Oi, Gustavo! Que bom! Farei a continuação o mais breve possível! Abraços :D

Reply
avatar
19 de janeiro de 2015 07:48 delete

Olá, Fernanda! Então vou repetir o que disse para ela, rs:

Quanto ao caderno, é o normal mesmo. Pode ser de 10 matérias ou até mesmo um de uma matéria só para deixar mais organizado, mas tanto faz. É com esse caderno que você faz as anotações dos esquemas dos professores e também de coisas importantes que eles falam durante a aula.

Olha, todo semestre eu compro um caderno. Entretanto não é por conta das anotações. Eu uso bastante o caderno porque gosto de resumir em esquemas alguns temas dos livros e vídeos que uso para estudar, sabe? Por isso eu tenho dois cadernos geralmente: Um só para anotar o que é dado em sala de aula e outro, mais organizado e mais completo, para anotar coisas do livro e de vídeos. Qualquer coisa é só perguntar, abraços!

Reply
avatar
20 de janeiro de 2015 15:28 delete

Amei seu post, vou começar a longa caminhada do Direito esse ano e sua publicação me deu uma luz, mas tenho uma dúvida, é exagerado usar um caderno de 20 matérias agora? Obrigada! :)

Reply
avatar
22 de janeiro de 2015 21:11 delete

Sabe aquela luz no fim do túnel? Então, achei aqui no seu blog hueahuea. Vou começar esse ano a faculdade e confesso que estava um pouco perdida e com medo de descobrir tarde de mais as respostas para minhas perguntas, achei muita coisa legal e queria te parabenizar pela iniciativa de divulgar com outras pessoas tudo isso. Ler certas postagens aqui me fez ter ainda mais certeza da minha paixão pelo curso.

Reply
avatar
24 de janeiro de 2015 17:14 delete

Olha, depende do seu propósito. Caso você queira um caderno apenas para fazer as anotações vistas em sala de aula, realmente 20 matérias é um pouco exagerado. Mas se você gosta de anotar bastante, fazer resumos e fichamentos dos livros e dos demais materiais que você usa para estudar, 20 matérias dá e sobra! =)

Reply
avatar
24 de janeiro de 2015 17:28 delete

Oi, Escritora! Que bom! Fico feliz em ser útil. Boa sorte no curso, qualquer coisa é só mandar um alô =)

Reply
avatar
26 de janeiro de 2015 19:19 delete

Olá, adorei seu post foi d grande vália, pois estou iniciando no curso, espero continuidades

Reply
avatar
Mel
AUTHOR
28 de janeiro de 2015 01:16 delete Este comentário foi removido pelo autor.
avatar
Mel
AUTHOR
28 de janeiro de 2015 01:17 delete

Oi, parabéns pelo seu trabalho. Apesar de não ser mais caloura as dicas me ajudarão muitoo!
Obrigada.
PS.Ansiosa por mais posts :)

Reply
avatar
Josiane Braz
AUTHOR
9 de fevereiro de 2015 10:22 delete

Olá, bom dia!
Faltando algumas horas para começar meu curso de direito, e a primeira dica, confesso que dei muita risada! O que mais vejo é o acadêmico querendo ser o senhor dos anéis jurista no primeiro período, querendo processar todo mundo, até se respirar incorretamente, hahahaha. Muito obrigada pelas informações, era tudo que precisava neste momento. Ah, não se esqueça dos calouros, continue com suas dicas, por favor.
Forte abraço!

Reply
avatar
9 de fevereiro de 2015 10:37 delete

Oi, Josi! Concordo plenamente! hahahahaha

Pode deixar, farei vários posts dedicados aos calouros. Boa sorte e bons estudos no curso. Abraço!

Reply
avatar
9 de fevereiro de 2015 10:38 delete

Oi, Mel! Que bom que as dicas foram úteis p/ você! Fico feliz em ser útil. Ah sim, mais posts estão chegando, fiquei tranquila! Abraços :)

Reply
avatar
13 de janeiro de 2016 00:48 delete

Olá Henrique, como vai?
Henrique, a minha principal dúvida é em relação ao trabalho, estágios e etc. Eu trabalho em um escritório cerca de 8 horas por dia e fico com medo de não conseguir conciliar tudo. Mas gostaria de sabe, se é um pouco de "terrorismo" da minha parte não conseguir me ajustar, ou se realmente é complicado essa situação!
Gostaria que você me desse sua opinião!
Att, Lorenzo.

Reply
avatar
13 de janeiro de 2016 09:01 delete

Oi, Lorenzo! Tranquilo amigo e você?
Olha, sua situação é delicada mas é possível conciliar a rotina sim. Será mais difícil que no caso se você trabalhasse só meio período, mas é possível.
Aqui como seu tempo curto, disciplina, foco e determinação são muito importantes para render nos estudos.
Estudar um pouquinho todos os dias, quando possível, e usar um pouco do final de semana para algumas leituras e exercícios.
Você pode também estudar o assunto do dia no mesmo dia quando chegar em casa. Existe um mantra feito por um dos maiores educadores do mundo que inclusive foi dito numa palestra disponível no youtube (o nome é como aumentar a inteligência, do saudoso Pierluigi Piazzi): Aula dada, aula estudada hoje. Assim você vai sedimentando o conhecimento aos poucos, conciliando seu trabalho e as tarefas da Universidade. Abraço.

Reply
avatar
3 de março de 2016 01:15 delete

olá Henrique. Eu não sou caloura em direito mais pretendo ser ano que vem :)
Minha duvida é você estudou muito para passar? e está em uma universidade publica? o vestibular é muito difíscio? estou com um pouco de medo kkkk'

Reply
avatar

Regras dos comentários

1. Todos os comentários são lidos e se possível respondidos.
2. Não serão toleradas faltas de respeito.
3. Se possível comente e faça de nós um grupo feliz.