Formatação de artigos conforme ABNT: Regras atualizadas!

maio 23, 2018 11 Comments A+ a-

Formatação de artigos conforme ABNT: Regras atualizadas!


As regras da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – foram revisadas. A revisão, nesse caso, refere-se ao padrão de elaboração de artigos em publicação periódica técnica/científica – apresentação.

Em vigor desde 16 de maio deste ano, a NBR 6022-2018 veio como forma de revisar as disposições referentes à NBR 6022-2003. Depois de 15 anos em vigência, as normas referentes à elaboração de artigos que visem a publicação em periódico foram atualizadas.

Como o fito principal da maioria dos pesquisadores que elaboram artigos é justamente publicar seus escritos, a observação das normas é essencial. 

O objetivo do presente texto é apresentar um breve panorama acerca dessa nova padronização. Vamos lá?

1. Referências normativas


A NBR6022-2018 trouxe consigo referência a normas já existentes da ABNT. Isso significa que os assuntos tratados nas NBRs a seguir referenciadas não sofreram alteração! 

São elas: NBR6023 - que estabelece o padrão das referências citadas ao final do artigo; NBR 6024 - numeração progressiva das seções do documento escrito, os tópicos que você usa! (1, 2, 2.1.1...) - NBR 6028 - estrutura do resumo; NBR 10520 - citações em documentos, notas de rodapé e notas explicativas.

Para você que nem sabia da existência dessas normas, tampouco como fazer corretamente, ai está uma verdadeira mão na roda! Clique na respectiva NBR que você verá exemplos de como fazer cada coisa! Está tudo explicadinho em cada link desse. 

Portanto, referências, citações e enumeração de tópicos permanecem da forma como já fazemos.

2. Artigo

Essa é a próxima seção que julguei pertinente conversar com vocês aqui. Antes dela, a NBR 6022-2018 aborda conceitos de termos de pesquisa (o que é introdução, desenvolvimento e conclusão, nenhuma novidade).

A divisão estrutural do artigo permaneceu incólume. Divide-se em elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais.

Elementos pré-textuais, nessa ordem: Título do artigo no idioma do documento (obrigatório), título noutro idioma (facultativo), nome do autor (obrigatório), resumo no idioma do documento (obrigatório), resumo noutro idioma (facultativo), datas de submissão e aprovação do artigo (obrigatório, isso quem faz é a revista), identificação e disponibilidade (facultativo).

Elementos textuais, nessa ordem e todos de natureza obrigatória: Introdução, desenvolvimento e conclusão. Os títulos e subtítulos dados nessa parte ficam a critério do autor. Você não precisa fazer um artigo com apenas três tópicos, por exemplo. Além disso, pode chamar a introdução e aspectos iniciais, noções introdutórias, enfim! 

Elementos pós-textuais, nessa ordem: Referências (obrigatório), glossário (facultativo), apêndice (facultativo), anexo (facultativo) e agradecimentos (facultativo). 

2.1 Elementos pré-textuais

Separei esse subtópico apenas para informar para vocês que não há nada de novo sob o sol aqui. E também para endossar a recomendação de que vocês leiam a NBR relativa aos resumos, basta clicar (NBR 6028).

A outra finalidade para destacar os elementos pré-textuais aqui é abordar o elemento que talvez seja o mais desconhecido de vocês: identificação e disponibilidade. Trata-se da identificação do trabalho, uma espécie de CPF dele. 

O que o torna único. 

Para isso vocês podem adotar ações como, por exemplo, obter um DOI do documento. É bem simples. Para saber tudo direitinho cliquem aqui.

2.2 Elementos textuais

Os elementos textuais são todos obrigatórios: Introdução, desenvolvimento e conclusão. Nenhuma novidade neste ponto. A recomendação é a da leitura da NBR relativa ao desenvolvimento, principal parte do artigo.

A estrutura de exposição e pormenorização do desenvolvimento deve seguir o padrão da NBR 6024, também já linkada neste texto. Não deixem de dar uma olhadinha.

3. Regras gerais

É aqui que houve a principal mudança de revisão: Agora o espaçamento do corpo do texto deve ser simples. Isso mesmo, aquele espaçamento que você usava nas citações diretas com mais de três linhas agora deve ser usado também no corpo do artigo.

É uma medida que visa simplificar a questão do espaçamento inclusive. Agora é só você dar um CTRL+T (word) ou CTRL+A (libre office), selecionar o trabalho inteiro e aplicar o mesmo espaçamento sem medo de ser feliz. 

O tamanho da fonte continua padronizado em 12.

A diferenciação entre o corpo do texto e as citações recuadas fica na questão do tamanho da fonte. a NBR 6022-2018 não especifica qual deve ser o tamanho da fonte das citações diretas longas, recomenda apenas que elas tenham tamanho menor.

Uma vez que é obrigatório usar fonte 12 no corpo do artigo, para que seu escrito esteja no padrão ABNT basta usar nas suas citações um tamanho menor. 

Se será 11, 10, 09 etc isso quem vai dizer, provavelmente, será a revista que você deseja publicar. As revistas sempre detalham esses pontos que a ABNT deixa em aberto. Por isso é sempre importante conferir as regras de submissão da revista desejada antes de qualquer coisa. 

As seções, citações e ilustrações continuam regidas, respectivamente, pelas NBR 6024 (seções) 10520 (citações e ilustrações).

Qualquer dúvida deixe seu comentário. Endosso a necessidade de ler as NBRs na íntegra. Coloquei todos os links no texto! Para conferir a NBR 6022-2018 ainda não há acesso gratuito, é preciso pagar. O link é esse aqui.

Advogado, pesquisador e escritor. Criador do Diário Jurista. Pode ser encontrado no Facebook, Google+, Twitter e Instagram.

11 comentários

Write comentários
7 de junho de 2018 14:47 delete

Oi,Henrique! Tudo bem? Eu sou a sua colega Luciana do Rio de Janeiro.
Estou com uma dúvida :
- Mudou alguma coisa em relação à citação de texto em petições?
Antes era assim :

Transcrição de até 3 linhas,põe no mesmo parágrafo.Acima de 3 linhas,pularia 1 linha;recuava-se e começaria a citar o Doutrinador.

Mudou alguma coisa?
Obrigada!

Reply
avatar
7 de junho de 2018 20:44 delete

Boa noite, Lu!

É uma honra vê-la por aqui neste humilde cantinho.

Quanto à sua pergunta, não houve mudança nesse sentido não.

Cordial abraço,
Henrique.

Reply
avatar
10 de junho de 2018 14:13 delete

Oi,Rick! Obrigada pelo esclarecimento!
Adorei e vou pedir ajuda mais vezes! kkk
Beijão,
Lu

Reply
avatar
11 de junho de 2018 19:06 delete

Gostei muito de ter publicado as novas regras.Abraços, marisilda

Reply
avatar
12 de junho de 2018 10:35 delete

Olá, Marisilda.

Fico feliz que tenha gostado.

Abraço,
Henrique.

Reply
avatar
Claudomir21
AUTHOR
27 de junho de 2018 13:21 delete

oi,boa tarde,
quantas mudanças tiveram a revisão da ABNT 2018?

Reply
avatar
27 de junho de 2018 19:53 delete

Olá, Claudomir.

Basicamente uma única grande mudança: O espaçamento do texto deixou de ser 1,5 para simplesmente ser simples. A implicação dessa mudança acarreta mais empenho do pesquisador quanto à escrita, uma vez que terá que escrever mais para preencher a mesma quantidade de páginas de outrora.

Abraço,
Henrique.

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
18 de julho de 2018 08:44 delete

OLÁ! Em relação a paginação continua no topo ou passa para o rodapé da pagina?

Reply
avatar
Rodrigo Lopes
AUTHOR
8 de setembro de 2018 13:42 delete

Boa Tarde.

Tenho uma dúvida, já procurei na NBR e aqui neste espaço mas não encontrei nada, uma das mudanças trazidas pela NBR 6022 de 2018 é o espaçamento entre linhas, que passou de 1,5 para 1,0 contudo não é bem claro quanto ao espaçamento entre parágrafos e seções, poderia me ajudar?

Desde já agradeço.

Reply
avatar
Inêz
AUTHOR
15 de novembro de 2018 19:52 delete

Olá Henrique, adorei seu post, obrigada pela nbrs. Este é o meu primeiro contato com um artigo e ainda me sinto perdida na elaboração de um(risos), seria legal um post seu com dicas de como fazer um bom artigo..😘

Reply
avatar

Regras dos comentários

1. Todos os comentários são lidos e se possível respondidos.
2. Não serão toleradas faltas de respeito.
3. Se possível comente e faça de nós um grupo feliz.